Individualismo é algo que está em alta nos dias de hoje. A capacidade de pensar no outro se torna cada vez mais escassa, e muitas vezes nos esquecemos do altruismo e de como ser uma pessoa altruísta.

O altruismo é uma característica muito genuína e habita no coração daqueles que pensam e dedicam um tempo para o outro sem esquecerem de si mesmo. Vai muito além de se dispor com o outro, é compartilhar um pouco de si para que ele seja melhor a partir disso.

A palavra “altruismo” criou vida a partir do filósofo Augusto Comte, que descreve a palavra como uma atitude de amor ao próximo.

Você já se auto observou e perguntou se tem amor ao próximo ou se é uma pessoa altruísta? 

Se você já se fez essa pergunta com a intenção de querer melhorar, pode até ser que em um primeiro instante você não seja uma pessoa altruísta, mas essa atitude já demonstra o seu desejo em desenvolver o altruismo.

Já passou pela sua cabeça que todos nós queremos um mundo melhor, mas que para isso de fato acontecer é necessário que olhemos para o outro com um olhar compreensivo, sem quaisquer distinções para que alcancemos o bem estar coletivo?

Pois bem, até aqui acredito que você tenha conseguido pensar no impacto e papel que o altruismo e uma pessoa altruísta tem sobre a sociedade e o bem estar de cada um.

Quando eu e você abrimos mão do nosso olhar individual para que venhamos enxergar o coletivo, nesse exato momento, nosso horizonte se expande, portanto, passamos a vivenciar uma experiência enriquecedora em nossas vidas.

Uma pessoa altruísta não apenas faz bem ao outro, como esse exercício faz bem a si mesma.

Desenvolver altruísmo resulta em benefícios nas diversas áreas da sua vida, seja pessoal ou profissional. Uma pessoa que decide desenvolver altruismo automaticamente acaba construindo relacionamentos mais saudáveis, harmônicos, generosos e bondosos.

Quer saber mais alguns benefícios que desenvolver altruismo vai te trazer? Veja só!

1. Autorrealização

Desenvolver o altruismo e ser uma pessoa altruísta é uma ótima ferramenta para combater a insatisfação profissional e pessoal. Afinal, o altruismo nos traz felicidade para nos sentirmos felizes com nós mesmos

2. Corrente de influência

Da mesma forma que exemplos ruins são reproduzidos, exemplos bons também são, portanto, uma pessoa empática tende a influenciar todos ao seu redor a sentirem o desejo de desenvolver o altruismo.

3. Relações harmônicas

Pessoas altruístas pensam no bem maior de todos, deixam de lado o olhar individual. A pessoa altruísta ou a pessoa que quer desenvolver altruismo acaba tendo uma maior habilidade de reflexão sobre o que diz às pessoas.

Busca se comunicar de forma harmônica, e isso não quer dizer que sempre diz o que o outro quis escutar, muito pelo contrário, se comunica de forma assertiva expondo seu ponto de vista e respeitando o limite do outro.

4. Relacionamento saudáveis

Assim como eu, acredito que você seja o tipo de pessoa que gosta de construir relacionamentos saudáveis, e esse é um benefício que você tem quando é uma pessoa altruísta ou quando desenvolve o altruísmo.

Afinal, você estará olhando para o outro e como é uma via de mão dupla, o outro sentirá na pele os benefícios de ter alguém em sua vida que pensa e preza pelo seu bem estar.

No entanto, se você tem dúvidas se vive um relacionamento saudável ou não, vou deixar aqui para você 12 sinais para identificar um relacionamento tóxico.

Esses são apenas alguns dos vários benefícios que uma pessoa altruísta ou que quer desenvolver altruismo irá conquistar em sua vida

Como você já viu aqui nesse texto, pessoas altruístas têm muito a nos ensinar, então, veja agora 9 coisas que pessoas altruístas nos ensinam.

5. Empatia

A empatia é um ferramenta muito poderosa tanto para quem é empático quanto para quem está recebendo, logo, se faz uma corrente.

Afinal, o indivíduo que recebe atos de empatia, acaba se fascinando com o poder de tal prática que automaticamente passa a querer desenvolver e praticar também.

Empatia é o ato de se colocar no lugar do outro, tentar enxergar uma situação a partir da perspectiva que o outro está.

6. Ouvinte

Ao invés de julgar a situação como se fosse besteira e menosprezar a dor do outro, pratique ouvir aquele desabafo de forma sincera.

Ao invés de sair por aí distribuindo conselhos como se fosse fácil resolver a situação, procure perguntar, assim, você tenta entender melhor a dor a partir da perspectiva da pessoa e não somente a partir da sua dedução.

7. Comemorar a felicidade do outro

Sentir-se feliz com a felicidade do outro é uma das emoções mais genuínas que podemos desenvolver, afinal, não é todo mundo que consegue fazer isso.

A pessoa que desenvolve o altruísmo consegue sentir-se feliz com a conquista do outro como se fosse a sua própria, essa atitude, fortalece os relacionamento entre as pessoas.

8. Os problemas do mundo importam

O altruismo nos faz enxergar o mundo de outra forma, tanto o nosso mundo como o mundo do outro. Com isso, os problemas do mundo tornam-se seus, e você passa a se preocupar com causas que não sejam apenas as suas.

9. Julgamento? Não sei o que é isso

Uma pessoa altruísta  se coloca tanto no lugar do outro, ao ponto que não perde seu tempo direcionando julgamentos, afinal, não irá agregar em nada. 

Ao invés disso, usa a comunicação como forma de mostrar o “outro lado da moda” e ajudar o outro a se desenvolver e melhorar.

Agora que você já conhece os benefícios e o que o altruísmo pode nos ensinar, chegou o momento de descobrir como desenvolvê-lo, e eu tenho uma feramenta ótima para te ajudar nesse processo, é a HIPNOTERAPIA!

Está pronto?… Vamos lá!

Como o próprio nome diz, a hipnoterapia é uma ferramenta terapêutica que auxilia no tratamento de transtornos emocionais, psicológicos, físicos, hábitos e emoções ruins…

A hipnoterapia nos mostra que muitos problemas que vivenciamos é por conta de traumas passados, e é nessa hora que o hipnoterapeuta entra em cena!

O hipnoterapeuta é o profissional capaz de identificar a origem desses transtornos, quais foram os eventos passados vividos que desencadearam cada um.

A nossa mente é um campo muito poderoso e com a ajuda das sugestões que a hipnoterapia nos proporciona, o hipnoterapeuta tem a possibilidade de alcançar resultados mais efetivos e em um curto período de tempo.

Ser um hipnoterapeuta é ter a certeza que o seu trabalho vai transformar a vida de alguém que busca por essa grande mudança.

Além de trabalhar com um propósito, o hipnoterapeuta é um profissional que tem sua performance reconhecida tanto pelos pacientes quanto por seu retorno financeiro, afinal, é um campo de atuação que vem crescendo exponencialmente.

E se você se interessou pela profissão e quer experimentar essa jornada de sucesso, então, você está no lugar certo!

Vem pra OMNI, vem pro Empreenda OMNI!