Todos nós temos semanas difíceis no trabalho, desafios que não conseguimos superar e situações chatas com colegas. Mas e quando isso se torna rotina e você percebe que está em um ambiente de trabalho tóxico? O que fazer?

Um ambiente de trabalho tóxico é aquele que impacta negativamente os trabalhadores de uma empresa, chegando a afetar até mesmo suas vidas pessoais, fora do escritório.

Esse tipo de ambiente pode, inclusive, acarretar em uma síndrome de burnout, hoje já reconhecida como uma doença ocupacional, e possui um CID.

Dessa forma, um ambiente de trabalho tóxico não deveria ser uma preocupação apenas dos funcionários, mas também das empresas.

O que você vai ver neste texto:

Vamos lá?

O que é um ambiente de trabalho tóxico?

Um ambiente de trabalho tóxico é aquele em que os funcionários acham difícil trabalhar ou progredir em suas carreiras devido à atmosfera negativa criada por colegas de trabalho, supervisores ou pela própria cultura da empresa.

Quando você trabalha em um ambiente de trabalho tóxico, sua vida pessoal e profissional é afetada, resultando em estresse, ansiedade e estafa.

Não apenas isso, mas você também corre o risco de ficar doente, afinal, diversas doenças possuem uma causa emocional, como você pode conferir aqui. Isso sem contar que você começa a questionar suas próprias habilidades e duvidar da sua capacidade.

Isso pode ter efeitos duradouros na sua autoestima.

E-book Traumas em Crianças

Quais são os sinais de um ambiente de trabalho tóxico?

Talvez você perceba que o seu ambiente de trabalho não está muito bom, mas como saber se ele é ou está se tornando tóxico? Agora você vai ver 5 sinais de um ambiente de trabalho tóxico:

A comunicação não é boa

A comunicação, quando insuficiente ou confusa, demonstra diversos problemas no ambiente de trabalho. De fato, a comunicação é uma das habilidades mais importantes para o sucesso da organização e para o desenvolvimento do colaborador e dos líderes.

As habilidades de comunicação incluem saber ouvir, comunicação verbal, comunicação escrita, lidar com a forma como as pessoas preferem se comunicar, entre outras.

Então como saber quando a comunicação não está sendo boa? Veja alguns exemplos:

  • Falta clareza sobre os projetos e demandas;
  • Você nunca sabe o que o seu chefe espera de você;
  • Comunicação passiva-agressiva;
  • Funcionários diferentes recebem mensagens diferentes, ou sabem mais ou menos do que os demais;
  • Comunicação fora do horário de trabalho constante;
  • Os líderes não escutam os liderados.

Existe competitividade entre os colegas

Quando os colegas competem entre si, especialmente quando estão na mesma equipe, este é um forte sinal de um ambiente de trabalho tóxico. E ainda pior, algumas empresas incentivam essa competitividade como se fosse algo bom.

Um dos maiores benefícios do trabalho é poder aprender com pessoas diferentes de você e poder contar com a sua equipe quando as coisas apertam. Mas se os seus colegas competem com você, esse tipo de coisa fica impossível de acontecer.

Afinal, um colega não colaborativo pode roubar suas ideias e levar crédito por elas, reter informações importantes para te prejudicar e até mesmo influenciar nas decisões da empresa se aproximando dos gerentes.

Influência negativa dos líderes

O líder deve ser aquela pessoa que você pode contar a qualquer momento. Ele ou ela pode e deve cobrar pelos projetos e demandas, mas também deve ajudar a tornar o ambiente de trabalho mais harmonioso para todos.

No entanto, muitos líderes, quando percebem o ambiente tóxico, preferem ser omissos e não lidar com a situação. Outros, influenciam negativamente o ambiente, abusando da autoridade e fomentando os comportamentos tóxicos.

traumas de relacionamento

Jogos de poder e benefícios

Se o seu colega tem mais vantagens e privilégios do que você por uma preferência do líder, esta é uma prova bem concreta de que você está em um ambiente de trabalho tóxico.

Esses jogos de poder também acontecem quando um dos colegas é menos cobrado, não sofre tanta pressão por entregas ou é promovido mesmo sem apresentar os mesmos resultados que os demais colegas.

Existe fofoca e bullying

Vamos ser sinceros, é normal que em um ambiente que você passa tanto tempo tenha comentários pelos corredores. Mas é necessário avaliar se esses comentários são fofocas, que são extremamente prejudiciais.

Enquanto fazer comentários sem maldade pode ser uma forma de unir os colaboradores, a fofoca pode rapidamente fugir do controle, virando boatos cruéis e invasivos sobre coisas que, na maioria das vezes, não nos dizem respeito.

As consequências desse tipo de comportamento podem ser devastadoras, estragar relacionamentos e tornar todo o ambiente de trabalho tóxico.

Alta rotatividade de colaboradores

Se uma empresa é boa para se trabalhar, as pessoas ficam nela por muito tempo, não é? Por isso, desconfie quando a rotatividade de colaboradores é alta, pois é possível que a cultura da empresa esteja afastando os funcionários.

Sempre existe um motivo para os funcionários escolherem deixar seus empregos. De acordo com uma pesquisa global da Korn Ferry, 32% dos profissionais deixam o emprego por causa da cultura da empresa, e 28% por um chefe ruim.

Quais são as consequências de um ambiente de trabalho tóxico?

Trabalhar em um ambiente de trabalho tóxico traz diversas consequências para sua saúde física e mental. Além disso, a própria empresa sofre quando a cultura corporativa é tóxica.

Veja alguns exemplos de consequências de um ambiente de trabalho tóxico:

Desmotivação dos funcionários

Quem consegue ficar motivado em um ambiente tóxico? Em um ambiente em que você nunca é valorizado, em que a pressão é extrema e o reconhecimento nunca chega?

Em um ambiente de trabalho tóxico, é difícil permanecer motivado e trabalhar com a mesma vontade. No fim, tanto o profissional quanto a empresa perdem.

Problemas de saúde

Situações que mexem com as nossas emoções rapidamente podem evoluir para problemas sérios de saúde, como depressão, ansiedade, pânico e o Burnout, que mencionamos anteriormente.

Além disso, diversas doenças respiratórias já foram comprovadas de ter uma raiz emocional.

Conflitos interpessoais

Se conflitos entre colegas já é difícil, quando você convive em um ambiente de trabalho tóxico, pode acabar levando esses problemas para casa, causando conflitos na própria família.

Falta de confiança na cultura da empresa

Como os funcionários vão continuar acreditando e levando ao mundo a missão e os valores da empresa, com um ambiente de trabalho tóxico? Afinal, se esses valores não são colocados em prática pela organização, por que os colaboradores irão?

Esse enfraquecimento da cultura organizacional é um enorme problema para a empresa, já que aumenta as saídas de funcionários.

transição de carreira

Como lidar com essa situação?

Nem sempre ficar em uma empresa que possui um ambiente tóxico, simplesmente esperando que as coisas mudem, é a solução. Afinal, você merece cuidar da sua própria saúde mental em primeiro lugar.

A primeira coisa a se fazer, caso você não possa sair da empresa agora, é falar com um profissional de RH da empresa. Leve as suas questões, dúvidas e sugestões e explique porquê você está sentindo que trabalha em um ambiente tóxico.

Além disso, a auto-hipnose pode ajudar muito nos momentos difíceis no trabalho. Quando você usa a auto-hipnose, pode se concentrar, ganhar mais foco e lidar melhor com as dificuldades do dia a dia.

E se você ainda quer mais… Que tal deixar a vida de empregado para trás e empreender com a hipnoterapia?

Torne-se um hipnoterapeuta

A hipnoterapia é o uso da hipnose para fins terapêuticos. Na prática, um profissional capacitado induz o paciente a um estado de transe para sugerir mudanças de hábitos, novos comportamentos saudáveis, tratando fobias, resolvendo conflitos, aumentando a autoestima, entre outros benefícios incríveis.

Tudo de maneira rápida, eficaz e muito segura!

E é exatamente com a hipnoterapia que você consegue aprender sobre si mesmo, entender quem você é e o que fazer para se tornar a sua melhor versão.

Incrível, não é?

E se você quer saber mais sobre essa ferramenta tão fantástica, a formação de hipnoterapeutas OMNI foi feita para você!

Além disso, a formação OMNI é para quem:

  • Deseja aprender sobre si mesmo e descobrir seus pontos fortes e fracos;
  • Quer se livrar de suas principais dores;
  • Deseja entender o que é hipnoterapia na teoria e na prática;
  • Quer se capacitar e ser sua melhor versão;
  • Precisa de confiança e coragem para encarar os desafios;
  • Anseia uma transformação em todas as áreas da vida!

Clique no banner abaixo para fazer a sua inscrição:

Formação de hipnoterapeuta OMNI