Descobrir o que é o autocontrole e como ele pode ser importante para a nossa inteligência emocional é uma das melhores coisas que você vai descobrir lendo esse texto.

Esses dias estava conversando com algumas amigas em um grupo pelo celular. Dentre diversos assuntos, no meio de uma empolgação sobre atividades boas para se fazer quando a pandemia acabar, uma delas disse:

“Eu vou precisar de muito autocontrole!”.

É claro que toda a conversa tinha muita empolgação e risadas. Mas depois disso, comecei a pensar sobre até que ponto o autocontrole pode beneficiar as pessoas.

Por isso, reuni aqui tudo o que você precisa saber para acabar com essa curiosidade sobre o tema que também surgiu por aí.

Dá uma olhada no que vai aparecer neste artigo:

  1. O que é autocontrole?
  2. Tenho novidades para você
  3. Autocontrole emocional
  4. Como desenvolver autocontrole?
  5. Pega essa dica

Boa leitura!!

Afinal, o que é Autocontrole?

Bom, vamos começar esse parágrafo deixando uma coisa clara: autocontrole não é sobre você se privar de atividades, momentos ou emoções, mas saber lidar com situações específicas de forma mais madura, sem excessos.

O autocontrole emocional é um grande aliado para que você possa ter benefícios nas suas relações e na vida:

  • Focar em atividade, como o trabalho, a escola ou a faculdade;
  • Melhorar o seu desempenho e crescimento pessoal;
  • Diminuir ataques de raiva e outras emoções negativas;
  • Mudar a sua perspectiva de vida para melhor;
  • Começar a enxergar os próprios erros e lidar da melhor forma com a situação;
  • Aprender a lidar com estresses cotidianos.

Se você chegou até aqui acreditando que a falta de autocontrole é o segredo para uma vida cheia de libertações, o famoso “deixa a vida me levar”, e que é mais sobre regras do que liberdade e crescimento pessoal, bom…

Tenho uma novidade para você

 

O autocontrole acontece quando a pessoa tem inteligência emocional suficiente para estar no controle de suas emoções. Pois é, leitor(a), se você vive comentando por aí que “o surto vem”, esse texto é para você.

Um exemplo sobre como pessoas sem autocontrole agem é a amada Dona Hermínia, que em muitos momentos toma decisões impulsivas em momentos de raiva:

 

 

Quando se tem autocontrole sobre as suas emoções, como a raiva, a tristeza e o medo, você tem mais consciência sobre o que sente, de onde o sentimento surgiu e como você deve agir para melhorá-lo, evitando que surtos aconteçam.

E daqui te dou um spoiler.

Nem todas as emoções precisam de controle. Em algumas situações, você descobre que a solução é fazer um chá e começar a refletir e acessar os seus sentimentos. Mas, se em às vezes você não consegue desenvolver essa dinâmica de autoconhecimento, tratamentos como a hipnose podem ajudar.

Agora, voltando ao assunto, o autocontrole pode representar benefícios diferentes para pessoas em diversas situações e dores. Por exemplo, o estudante que está fazendo o seu TCC, uma pessoa que precisa desenvolver um grande projeto no trabalho ou alguém que tem excessos de raiva.

O autocontrole emocional

Imagino que você já tenha passado por uma situação de muito estresse, preocupações e outras emoções negativas que não pareciam acabar nunca. Estou errada?

Em muitos casos, a raiva é o principal sentimento que surge nesses momentos e que pode prejudicar o namoro, a relação com os filhos ou com os pais, e outros problemas. Pois é. A falta de controle emocional é mais comum do que pensamos.

No seu podcast, a Isa Ribeiro fala mais sobre como a falta de autocontrole é sentida nas pessoas que o tem e como essa explosão de sentimentos faz a gente até perder um pouco da sensibilidade com outras pessoas.

 

 

Muitas pessoas perdem o controle sobre as suas emoções e decisões ao sentir raiva – o principal sentimento de quem não tem autocontrole.

Acontece que, com o passar do tempo, essas situações podem fazer com que quem não tem controle emocional comece a se sentir sempre na razão, tendo dificuldade para assumir seus erros. Por isso, o primeiro passo para quem deseja melhorar é começar a entender que pode sim estar errado (talvez na maioria das vezes).

Isso porque quando alguém não tem autocontrole emocional, é comum ter dificuldades para lidar com pequenos estresses diários e ter muitas atitudes compulsivas que, em grande parte, resultam em arrependimento e problemas com relações e até a autoestima.

Nesses momentos, é o calor do momento, a raiva e a impulsividade falando, mesmo que você não perceba. É só depois que as coisas esfriam que as pessoas compreendem o que foi feito e como afetou outras pessoas.

Por isso, é comum que situações como essas aconteçam no ambiente de trabalho, dentro de casa com a família ou com pessoas mais próximas.

Mas, será que é só emocional?

 

Claro que se a falta de autocontrole está associada a alguma doença, é preciso tratá-la com um especialista! O autocontrole é uma característica que pode ser desenvolvida em todas as pessoas.

Mas para esses casos em que a pessoa não consegue desenvolver o autocontrole por si só, é possível buscar outras formas de desenvolvê-lo.

 


Como ter autocontrole?

O autocontrole só é atingido quando conseguimos inteligência emocional para conseguir aplicá-lo em nosso dia a dia. É com ele que conseguimos focar com mais facilidade em nossos sonhos.

Quando temos total controle sobre as nossas emoções desfrutamos de:

  • Atingir metas a curto e longo prazo sem que emoções e sentimento negativos possam atrapalhar;
  • Tomadas de decisão com mais clareza, certeza e o melhor: sem arrependimentos;
  • Ter total controle sobre respostas e reações exageradas.

Ter autocontrole é moldar as nossas emoções e comportamentos e evitar que ações ou hábitos possam nos prejudicar no trabalho, com a família ou os amigos. Além disso, pessoas com autocontrole emocional têm mais foco em suas atividades.

Gostou? Vem com a mãe que é sucesso

 

O autoconhecimento é essencial nesse processo de desenvolver mais autocontrole e a inteligência emocional. Você precisa conhecer mais sobre si mesmo. Eu imagino quantos anos você convive consigo mesmo, mas realmente se conhece?

O autoconhecimento faz parte dessa gestão de ações e sentimentos, e te faz entender melhor o que você está buscando nesse momento da vida e o porquê. Com essas respostas mais claras, você começa a entender quais ações fazem mais sentido, principalmente quando a raiva e o medo batem.

Assim, quando a vontade de surtar e sair igual uma beyblade batendo em tudo surgir, você terá mais consciência das atitudes que deve tomar (sem violência por gentileza. Diga sim ao controle emocional haha).

 

 

Pega a dica aqui

 

Uma dica valiosa que euzinha de melo te dou é encontrar as suas motivações na vida e se conectar com elas sempre. Calma, não é difícil quanto parece.

Tudo isso fica muito mais fácil quando acessamos melhor o nosso “eu”. Com a hipnose, por exemplo, é possível contar com a ajuda de um profissional para acessar melhor a origem desses sentimentos para entender a melhor forma de lidar com eles.

Acho que consigo até imaginar a sua cara de surpresa do outro lado da tela. Sim, a hipnose para manter o controle é MUITO REAL e pode melhorar sua saúde mental (e muito).

Além de um tratamento para desenvolver melhor essa característica, você também pode apostar em fazer um planejamento sobre algum projeto, utilizar recompensas para si mesmo e controlar as suas perspectivas, por exemplo.

Outras formas acessíveis a qualquer momento é a Ioga ou o desenvolvimento de alguma atividade, como pintura ou a escrita. Nesses casos, você pode transmitir os seus sentimentos para algum hobby, por exemplo.

Ainda sobre se acalmar, também é importante que você encontre escapes no seu dia, por exemplo, fazer um café, desenhar alguns rabiscos, escutar a playlist favorita e cantar alto…

Esses “escapes” irão servir quando você estiver sentindo que o surto está chegando e você sabe que vai sair do controle. Quando determinada situação que você sabe que pode desencadear um momento de excesso de raiva ou outro sentimento negativo surgir, você saberá como escapar disso.

Além disso, uma dica importante para quem está buscando ter mais controle emocional é evitar se manifestar e tomar decisões em momentos de raiva. Antes, o ideal é acessar melhor os seus sentimentos e entender os motivos para só então tomar uma decisão.

 

Viu? Para tudo tem um jeito

 

Já adianto que tudo bem no início você acabar falhando em alguns momentos. O autocontrole é algo construído aos poucos, com ajuda de especialistas, e com pequenos passos por vez.

Passar por um processo para construí-lo é algo muito importante e só tem benefícios para levar para todas as pessoas.

Deixar a vida levar em alguns momentos é maravilhoso, mas existem situações em que a vida exige de nós mais rigidez e, nessas horas, a única coisa que você poderá controlar é a si mesmo(a)

Se lembrou de alguém lendo esse texto, não esquece de mandar para ele(a), hein?! 😊

Ah, não esquece de assinar a nossa Newsletter, viu? Por ela você vai receber conteúdos fresquinhos além de novidades exclusivas e… algumas surpresas também!