Está procurando hipnose na odontologia? Se você é dentista e sofre com o medo e as aflições de seus pacientes, a hipnose na odontologia pode te ajudar. Essa ferramenta, apesar de ser antiga, vem ganhando espaço nos consultórios de profissionais, seja para ajudar na aplicação da anestesia ou para melhorar os hábitos de higiene dos pacientes.

Isso tudo e mais um pouco é o que vou te mostrar nesse artigo. Dá uma olhada no que mais você vai encontrar por aqui:

  1. Quais os benefícios que a hipnose pode trazer para o seu consultório?
  2. 4 formas de utilizar a hipnose no seu consultório
  3. Como pode ajudar com crianças?
  4. Onde aprender hipnose para dentistas?

No entanto, antes, vou te falar um pouco do que é hipnose na odontologia e como ela pode ser benéfica para você e seus pacientes.

Mas, qual profissional na área da odontologia nunca se deparou com um paciente ansioso, que não podia ouvir o barulho do “motorzinho”, ou que não parava quieto na cadeira?

Pois bem, você sabe o quanto isso afeta no resultado do seu trabalho e sabe que lidar com isso não é uma tarefa fácil.

Por isso a hipnose serve de ferramenta tanto ao paciente, eliminando traumas e medos, e proporcionando um ótimo estado de relaxamento, quanto ao profissional, que fará seu trabalho sem interrupções e com mais tranquilidade, sem causar desconforto a ninguém.

Dessa forma, basta uma mistura da técnica adequada com o consentimento do paciente para ser guiado no processo, e ambos os lados saem favorecidos.

Quais os benefícios que a hipnose pode trazer para o seu consultório?

Falando um pouco do seu trabalho como dentista, são infinitas as aplicações da hipnose na odontologia que você pode utilizar como recurso dentro do consultório. Separei alguns benefícios que essa implementação pode trazer para o seu trabalho diariamente.

  • A hipnose na odontologia pode ser aplicada no seu consultório;
  • Não é necessário recursos adicionais como medicamentos ou instrumentos para sua eficácia;
  • Pode ser utilizada em qualquer área da odontologia;
  • O paciente responde melhor aos procedimentos clínicos;

Minimiza o estresse, tanto do lado do paciente quanto do lado do profissional.

4  formas de utilizar a hipnose no seu consultório

Estudos realizados comprovam cientificamente o uso da hipnose na odontologia e sua eficácia . Há diversas funcionalidades, mas separei quatro que vão facilitar seu trabalho na hora de realizar procedimentos odontológicos.

1. Alternativa à anestesia

A aplicação da anestesia é algo doloroso e que muitas vezes incomoda mais do que qualquer outro procedimento. Além disso muitos pacientes são alérgicos ou sofrem de mais sensibilidade com os efeitos do pós-anestésico.

Por isso, a hipnose pode funcionar como alternativa à anestesia. O processo é simples: o estado de relaxamento certo e algumas sugestões para dentro do subconsciente do seu paciente irá inibir que as dores e desconfortos ocorram durante o processo.

2. Eliminando medos

Muitas pessoas possuem traumas relacionados a procedimentos odontológicos por já terem sofrido com dores agudas e por se tratar de uma área sensível. Você como dentista sabe das dificuldades de atender pessoas com esse histórico.

Pensando nisso, a hipnose na odontologia surgiu para ajudar a tratar o paciente eliminando fobias e medos que dificultam na sua atuação, e proporcionar ao paciente um relaxamento geral, diminuindo a ansiedade a tensão e o medo.

3. Mudando Hábitos

A hipnose também pode atuar na transformação de seu paciente em diversas áreas. Pacientes que não conseguem se ver livre dos doces, que têm problemas na hora da escovação ou algumas manias que prejudicam sua saúde bucal podem ser ajudados através da ferramenta.

4. Acelerar a recuperação

Alguns procedimentos mais invasivos necessitam de mais tempo de recuperação e medicamentos para acelerar esse processo. O uso da hipnose na odontologia auxilia no bem estar do paciente e a acelerar na recuperação do procedimento.

Como pode ajudar com crianças?

Diversas pessoas crescem com traumas de dentista, geralmente provocados na infância. A grande maioria das crianças carregam traumas, colocados  muitas  vezes pelos próprios pais, e acabam criando um transtorno na hora de ser atendidas pelos dentistas.

Dessa forma, para acabar com esse problema e com as possibilidades de despertar novos traumas, a hipnose te ajuda a tranquilizar a criança por meio de uma técnica que usa a imaginação. Dessa forma,  o procedimento será realizado mais rápido e a criança estará mais tranquila, relaxada e confiante.

Para saber mais, dá uma olhadinha nessa reportagem que saiu no Fantástico sobre hipnose:

Tem alguma contraindicação?

Independente da idade de seu paciente, a resposta é: não!

Sendo assim, não há nenhuma contraindicação para o processo de hipnose, já que se trata de um estado natural da mente que todas as pessoas estão suscetíveis a passar, mas claro, sempre de acordo com o seu consentimento.

Onde aprender hipnose para dentistas?

Já é um fato comprovado cientificamente que a hipnose na odontologia pode te beneficiar como profissional de diversas formas. No Brasil, a utilização da hipnose é regulamentada pelo  . No entanto é necessário ter uma boa formação em hipnoterapia.

Por isso existem diversos cursos on-line  e presenciais que ensinam hipnose, mas é sempre bom procurar os que mais se destacam, como por exemplo, o curso da OMNI Brasil, que atualmente é o maior centro de hipnoterapia do mundo, e fica localizado em São Paulo capital.

A formação de oito dias que a OMNI oferece é completa!

Com ela você sairá capacitado para realizar o processo de hipnose em seus clientes, além de aprender técnicas específicas para aplicar em seu consultório no seu dia a dia. O curso conta com uma certificação internacional de qualidade ISO 9001.

Por isso alguns dos maiores nomes da hipnose brasileira foram formados na OMNI como Issao Imamura e Pyong Lee. Ambos foram treinados pelo presidente e fundador da OMNI Brasil, Michael Arruda.

Se interessou? Caso queira descobrir um pouco mais sobre hipnoterapia e como ela funciona, preparamos um artigo que explica melhor isso.