O número de médicos hipnoterapeutas cresceu muito nos últimos cinco anos aqui no Brasil. Já que por aqui, nas terras tupiniquins do feijão com farinha, o maior instituto sobre hipnoterapia do mundo se instalou e consolidou a técnica para esses profissionais.

Formação Completa em Hipnoterapia - Médicos

Mas o que exatamente faz um médico hipnoterapeuta? Quanto tempo ele precisa dispor do seu dia para se tornar um hipnoterapeuta OMNI? Quais as vantagens de usar essa ferramenta dentro do consultório e por que ele tem que escolher a OMNI Brasil para isso?

Bom, é o que você, meu caro doctor (em inglês ninguém me segura), vai entender aqui!

Cada vez mais profissionais da saúde têm utilizado as terapias alternativas para alcançar resultados mais efetivos no tratamentos de doenças no corpo e na mente. Uma grande instituição de saúde localizada na capital de São Paulo é uma das pioneiras na utilização para hipnoterapia para o tratamento de doenças como o câncer.

Isso aconteceu, porque a hipnose é uma das técnicas mais eficientes no auxílio para tratamento de patologias diversas. A ideia, é que a técnica auxilia os pacientes a encontrarem uma forma de lidarem melhor com os efeitos causados pelas doença e seus respectivos tratamentos.

É por isso que você, médico brasileiro, precisa utilizar a hipnose como ferramenta de trabalho!

Costumamos dizer que a hipnoterapia funciona melhor que as técnicas convencionais, pois auxilia pacientes e profissionais a treinarem em suas mentes para fazer com que um tratamento seja mais bem recebido pelo organismo.

Alguns dos maiores nomes da medicina já fizeram uso da técnica em algum momento da história, como o grande Sigmoud Freud, pai da psicanálise.

Mas, como a hipnoterapia para médicos pode ser uma ferramenta a mais no tratamento dos pacientes? É o que nós vamos falar a partir de agora.

Boa leitura!

A hipnose na medicina

A hipnoterapia para médicos como uma ferramenta científica esteve presente na maior parte da história da humanidade. da idade antiga até os dias de hoje, a hipnose se tornou cada vez mais estudada e comprovada no meio científico. E sim, podemos dizer que hipnose é ciência!

Quando nós falamos que a hipnoterapia é ciência, estamos nos referindo aos testes e demais pesquisas que envolvem os efeitos benéficos que a técnica proporciona para os seres humanos.

A hipnose na medicina utiliza terapia no tratamento de diferentes patologias como uma ferramenta poderosa e que independe a necessidade de medicação tradicional. Isso é um fator extremamente importante para alguns pacientes, justamente porque determinados fármacos podem causar efeitos colaterais desagradáveis de um paciente para o outro.

A hipnoterapia na medicina é uma forma de garantir que o corpo humano se recupere de determinados traumas e doenças sem a necessidade de utilizar medicações para isso, o que evita alguns efeitos colaterais e até mesmo a utilização de outros medicamentos paliativos.

Mas, você deve estar perguntando: como é possível que médicos hipnoterapeutas obtenha resultados mais eficientes com o uso dessa ferramenta, do que com as diversas técnicas que aprenderam ao longo de sua experiência na medicina?

E eu respondo com todo o prazer que:

Os médicos são a categoria de profissionais que mais se beneficia com a utilização dessa ferramenta. Afinal, a hipnoterapia na medicina pode facilitar o tratamento de diferentes tipos de patologias, físicas e psicológicas, sem a necessidade de utilizar qualquer tipo de droga medicamentosa para tal.

A única coisa necessária, é ensinar os pacientes a controlar o ponto focal de todas as suas emoções: a mente.

Então, sim! Você que é médico pode utilizar a hipnoterapia dentro do seu dia a dia de trabalho. Assim, o número de médicos e hipnoterapeutas pode ajudar diferentes pessoas a solucionarem questões de saúde física e mental que as incomodam há muito tempo.

Formação Completa em Hipnoterapia - Médicos

Mas, quem disse que a hipnose na medicina é uma técnica permitida?

A hipnose é reconhecida pela medicina

É possível perceber que é hipnoterapia para médicos tem sido uma ferramenta amplamente difundida ao longo dos anos, mas só recentemente se instalou aqui em terras tupiniquins.

Hoje em dia, diversos profissionais da saúde, inclusive médicos, utilizam as técnicas da hipnoterapia no seu dia a dia.

No Brasil, as técnicas que envolvem o transe hipnótico passaram a ocorrer a partir do século XIX. No entanto a regulamentação de seu uso, dentro dos concelhos federais de medicina e odontologia, só ocorreu a partir da década de 60.

Inicialmente, o Conselho Federal de Odontologia (CFO), em 1966 regulamentou a utilização da hipnose como recurso auxiliar nos tratamentos odontológicos. Em 1999, foi a vez do Conselho Federal de Medicina (CFM) regulamentar a utilização das técnicas hipnóticas dentro do dia a dia de um médico. E, somente a partir do ano 2000, os psicólogos puderam utilizar a ferramenta da hipnoterapia dentro de seus atendimentos.

Documentos oficiais

De acordo com um documento oficial emitido pelo se CFM em 1999, “a hipnose é reconhecida como valiosa prática médica, subsidiária de diagnóstico ou de tratamento, devendo ser exercida por profissionais devidamente qualificados e sob rigorosos critérios éticos.”

Uma prova de que a hipnoterapia na medicina tem sido usada há muitos anos está no trabalho de James Esdale, um médico que virgula a partir das induções hipnóticas, realizou inúmeras intervenções cirúrgicas sem que os pacientes sentissem qualquer dor. Ou seja, fez com que a hipnose se tornasse um eficiente anestésico para seus pacientes.

Hoje, o trabalho de Esdale, deu nome à uma importante técnica dentro da hipnoterapia: o estado Esdale.

Além disso, diferentes profissionais da psicanálise utilizou a hipnose clínica em diferentes soldados ao longo da primeira e segunda guerras mundiais, como forma de tratamento das neuroses traumáticas resultantes dos períodos em guerra.

A portaria de número 702, de 21 de março de 2018, publicada no Diário Oficial da União, aponta que a hipnoterapia foi incluída na Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares – PNPIC.

Ou seja, diversas instituições de renome dentro e fora do Brasil afirmam que a hipnose na medicina é um tratamento eficaz e relevante quando o assunto são doenças mentais e físicas.

Portanto, meus queridos doutores, fiquem tranquilos pois a possibilidade de se tornarem médicos hipnoterapeutas está respaldada pela lei e por seus conselhos regionais e federais de medicina.

Vai falar que agora não deu uma curiosidade de saber mais sobre a Formação de Hipnoterapeutas?  Tá esperando o quê? Se inscreve para saber mais!

Formacao em Hipnoterapia

Os resultados comprovados

Depois da entrada definitiva da hipnose na medicina o movimento foi sustentado e reforçado por diversos estudos científicos que comprovaram sua eficácia nas mais variadas patologias.

Um estudo publicado pela universidade de system for no seu a mostrou que o método pode ser utilizado com sucesso no diagnóstico de crianças com epilepsia.

Já no Brasil, a faculdade de medicina da USP, por exemplo, foi uma das pioneiras a iniciar estudos acerca da técnica. Hoje, hospitais como o A. C. Camargo e o Hospital Das Clínicas de São Paulo são utilizados pelos estudantes de medicina da USP para aplicar a técnica da hipnoterapia em diferentes pacientes.

Isso indica que o número de médicos hipnoterapeutas que vão se formar só na cidade de São Paulo é muito maior do que há décadas atrás. E toda essa adesão de médicos hipnoterapeutas se dá a partir das diversas investigações acerca dos benefícios que o método produz nas pessoas. Aliás, acredita-se que a hipnose na medicina provoca modificações cerebrais profundas que podem auxiliar o próprio organismo e seus mecanismos de defesa no futuro.

Doenças que podem ser tratadas

Dentro da hipnose é possível encontrar diversos casos de pessoas que apresentaram algum tipo de patologia física ou mental e que, a partir de uma sessão de hipnoterapia, conseguiram se recuperar.

Dentre as mais diversas patologias que podem ser tratadas a partir do uso das técnicas de hipnoterapia na medicina, podemos destacar algumas que, inclusive, são muito comuns no dia a dia das pessoas:

  • Depressão;
  • Diabetes;
  • Fobias;
  • Dermatites;
  • Fibromialgia;
  • Ansiedade;
  • Tabagismo;
  • Vício em drogas;
  • Traumas psicológicos;
  • Questões sexuais;
  • Dores crônicas.

Cada uma dessas doenças, ou patologias psicológicas, pode ser tratada por médicos hipnoterapeutas que se formaram em uma instituição competente e responsável.

Isso porque ultimamente, o número de brasileiros que apresentam algum tipo de doença psicossomática em decorrência de estresse, traumas e outros problemas, cresceu consideravelmente desde o início da pandemia da COVID-19.

O psicológico dessas pessoas ficou tão afetado de forma negativa que, o próprio corpo resolveu expor a seriedade de suas emoções a partir de manifestações na saúde.

Muitos especialistas explicam que a origem das doenças está relacionada com o poder que nossas emoções exercem sobre nossos corpos. É por isso que a hipnose para médicos é tão recomendada dentro dos mais diversos âmbitos da medicina.

SEJA UM MÉDICO HIPNOTERAPEUTA COM A OMNI

É possível ajudar os pacientes a encontrarem equilíbrio emocional dentro do seu dia a dia e, a partir disso, fortalecer seus próprios organismos para que doenças físicas e psicológicas não sejam mais as causadoras de aflição nos tempos modernos.

Mas, como é possível transformar médicos hipnoterapeutas?

Como é feita a formação de hipnose para médicos?

Inicialmente é preciso que os profissionais da medicina entendam que todas as patologias físicas e psicológicas estão relacionadas com algum tipo de emoção mal resolvida na nossa mente subconsciente. A partir daí é possível entender quais as motivações físicas que levaram uma pessoa a apresentar determinados tipos de doenças, traumas, fobias e demais problemas de saúde.

Tratar a causa desses problemas, que são as emoções, é a melhor forma de garantir que o corpo humano consiga “se curar” e se fortalecer para que outros problemas de saúde não voltem a cometê-los.

Para isso, é necessário que os futuros médicos hipnoterapeutas procurem uma instituição renomada e que, por seu histórico impecável, possa oferecer o melhor curso para formação de médicos hipnoterapeutas do país.

Por isso eu indico a OMNI Brasil. Uma empresa sólida e internacionalmente conhecida pela eficiência empregada aos treinamentos de novos hipnoterapeutas. Na OMNI, todos os alunos aprendem desde o início a conhecerem as suas próprias mentes, e a partir disso, todos entenderam quais caminhos seguir para auxiliar seus clientes e pacientes, assim que se formarem.

Para aqueles que desejam se tornar médicos hipnoterapeutas o caminho é o mesmo, a grande diferença é que vocês são profissionais especializados em cuidar da saúde física e mental de seus pacientes. enquanto médicos hipnoterapeutas, vocês têm a responsabilidade e o conhecimento para auxiliar todas as pessoas que buscarem por um tratamento eficiente, humano, rápido e autorizado pelas maiores associações de medicina do mundo.

Como se tornar um hipnoterapeuta OMNI?

para se tornar um médico hipnoterapeuta formado pela OMNI Brasil é necessário que você entre em contato com um dos consultores pedagógicos que a empresa possui. Eles vão direcionar todo o seu processo desde o início até a conclusão do curso irão acompanhá-los nessa caminhada de conhecimento da mente humana.

A OMNI Brasil se orgulha de ter formado inúmeros médicos hipnoterapeutas ao longo dos seus mais de 5 anos de trabalho no país. Por isso, se você, doutor ou doutora, está interessado em ampliar suas ferramentas de auxílio aos pacientes, eu sugiro fortemente que entre em contato com a OMNI.

Conheça a fundo o que realmente é a formação em hipnoterapia da OMNI Brasil para médicos e profissionais da saúde.

Ficou curioso? Então clica no banner abaixo e corre para falar imediatamente como consultor pedagógico!

Formação Completa em Hipnoterapia - Médicos

Essa pode ser a chance que você procurava para oferecer um tratamento de saúde mais eficiente e menos danoso aos seus pacientes.

Ah, não esquece de assinar a nossa Newsletter, viu? Por ela você vai receber conteúdos fresquinhos além de novidades exclusivas e… algumas surpresas também!