Como pode alguém ter medo de dirigir? Podendo ué! Milhares de brasileiros sofrem com esse trauma hoje em dia e encontram dificuldades enormes para conduzir um veículo sozinhas. Mas calma, porque onde há um problema há inúmeras soluções.

De acordo com a Associação Brasileira de Medicina de Tráfego (Abramet), cerca de dois milhões de brasileiros sofrem de um mesmo mal: a amaxofobia. Este é o nome dado para a fobia mais temida daqueles que frequentam as aulas práticas de uma autoescola, o medo de dirigir.

De acordo com a pesquisa, 80% dessas pessoas são mulheres que já estão habilitadas, o que significa que tem muito motorista indo de Táxi pelo Brasil do Calhambeque.

Mas o que fazer nesses casos, já que a única saída para perder o medo de dirigir é… dirigindo?

Dá só uma olhada no que você vai encontrar por aqui:

  1. Por que o medo de dirigir existe?
  2. Como perder o medo de dirigir
  3. Dicas para perder o medo de dirigir
  4. Quando procurar ajuda profissional?
  5. A hipnose para perder o medo de dirigir pode ajudar

Bom, primeiro é necessário entender por que você tem medo e de onde ele vem.

Por que o medo de dirigir existe?

O medo de dirigir surge de forma muito simples e como qualquer outro medo na vida de uma pessoa.

Ah, é sério? Jura?!

Não precisa me julgar pela frase óbvia, mas é a verdade. O medo é um processo natural que a sua mente usa para te proteger de algo desconhecido, que nem sempre é ruim ou perigoso.

Por exemplo:

Quando criança, é normal sentir medo de andar de bicicleta ou patins, porque nossa mente entende que ao andar neles, a chance de cair e se machucar é alta, o que faz com que você tenha medo do que pode acontecer antes mesmo que aconteça.

As pessoas aprendem nas aulas práticas de direção o que devem ou não fazer no meio de um dia a dia de trânsito, mas a autoescola não explica que eventos traumáticos também podem desenvolver uma fobia muito difícil de vencer.

O trânsito pode provocar tensão, ansiedade, estresse, além do desgaste físico e emocional, como os ataques de raiva no meio de um congestionamento. De acordo com o médico e diretor da Abramet, Dirceu Rodrigues Alves Júnior, para vencer o medo de dirigir é preciso identificar a origem do problema.

Sim, traumas podem ser o evento causador do medo de dirigir!

Vou te dar um exemplo bem comum nesses casos:

Regiane é uma mulher recém habilitada. Passou de primeira na prova prática do Detran e saiu de lá segura de que seria uma motorista com habilidades nível Velozes e Furiosos.

Em sua primeira viagem com as amigas, Regiane estava ao volante quando um caminhão invadiu a pista contrária e a fez jogar o carro no acostamento da estrada que estava cheio de terra e pedras por todo lado.

Na hora, não parecia que tinha acontecido nada de mal com nenhuma das amigas, mas Regiane sentiu um pavor tão intenso que mal conseguiu entrar no carro novamente para continuar dirigindo. Outra amiga também habilitada precisou cumprir essa tarefa por ela. Depois desse episódio, ela nunca mais conseguiu dirigir um carro sem entrar em estado de desespero, ansiedade e aflição.

Este é um dos casos mais comuns que surgem nos consultórios de psicologia. Afinal, como se recuperar de um trauma como aquele? O trauma e o medo, a fizeram acreditar que seria a responsável pela vida de meninas inocentes e que, de alguma forma, aquele episódio foi culpa sua.

É assim que um trauma se instala na mente de uma pessoa. Algo emocionalmente poderoso, com capacidade de abalar todo o controle de alguém a ponto de deixá-la completamente à mercê do medo.

Será que foi um trauma de infância ou da adolescência que te impediu de ficar “tirando onda de Camaro Amarelo”?


Como perder o medo de dirigir?

Nos consultórios de psicologia é comum ser orientado a fazer tratamento de psicoterapia e, normalmente, esse é o tratamento mais indicado para casos como medo de dirigir.

Mas e quando eu não estou sendo acompanhado por um profissional? Dá para perder o medo de dirigir sozinho?

Dá sim!

Pensa comigo, se você já sabe que o medo de dirigir vem de algum sentimento dentro da sua mente, é possível ensiná-la a enxergar o ato de dirigir como algo normal e finalmente sair por aí sem precisar chamar a Angélica e seu táxi.

Como?

Àqueles que tem receio de dirigir tem duas opções: ter coragem e tentar ou aceitar essa condição de medo.

Para os que aceitam o medo, mesmo que você tenha vontade de conduzir um veículo, a sua mente decidiu que é melhor ficar na inércia, ou seja, manter-se longe do volante de qualquer carro, e é o que a pessoa fará para sempre.

Mas, se você escolheu ter coragem, é preciso muita força para vencer o medo inicial e ensinar a sua mente que não precisa ter medo de dirigir.

Alguns médicos indicam o uso de medicamentos, outros optam apenas pelo tratamento com psicólogos, mas em todas as possibilidades é necessário que você queira, de fato, vencer esse bloqueio.

Ok, eu quero vencer, mas agora não dá!

Já está errado, meu filho! Não ponha impedimentos!

Ou você acha que seu Fuscão Preto vai andar sozinho com essas desculpas aí?


Dicas de como perder o medo de dirigir

Nem sempre a pessoa conseguirá pensar em algo que a ajude pegar no volante e assumir o controle de um carro, e para que isso não se torne um problema na sua vida, eu posso te ajudar.

Para você não dizer que eu sou uma pessoa egoísta e que só entendo de música velha, dá uma olhada nas dicas que eu preparei para te ajudar a ter coragem!

Mantenha o foco e fique calmo

A calma é a sua maior aliada ao volante de um carro (isso não significa que você deve ser imprudente). Perder o medo de dirigir praticando é muito bacana, mas você deve ser focado para que funcione corretamente.

Então quando a placa disser PARE, você para!

Escolha bem o seu acompanhante

A pessoa que está no banco do carona durante o seu treino é de suma importância, afinal ela será a responsável por ajudá-lo a manter a calma e o foco no que você realmente deve fazer. Essa pessoa precisa ter paciência, precisa ser divertida e, acima de tudo, precisa querer te ajudar a vencer o medo de dirigir.

Não me aparece com uma pessoa histérica gritando do seu lado, não!

Vá cada vez mais longe

No primeiro dia é comum notar que a pessoa anda em um espaço muito limitado, o que a leva a andar em círculos na maioria dos casos. Com a prática, tente dirigir para lugares mais distantes do que você estava no primeiro dia. Isso ajuda a vencer o desafio e ter mais confiança ao volante.

É quase aquela frase: para o alto e avante!

Pense positivo

Sua forma de pensar interfere no processo de superar o medo de dirigir.

Não se deixa sabotar pelos pensamentos negativos produzidos pela sua mente, como cenários de acidente, brigas de trânsito, buzinas na sua cabeça ou qualquer outra coisa. Foque em conseguir dirigir com perfeição e finalmente perder o medo.

Não precisa cantar um mantra, mas pense coisas boas.

Pratique em lugares e horários tranquilos

Em muitos casos, o medo de dirigir vem da insegurança pela falta de treino ou até mesmo a familiaridade com o carro. Nesse caso, o correto é praticar muito, mas não se esqueça que os horários precisam ser tranquilos, sem todo aquele movimento diário do tráfego de veículos.

Você, por gentileza, poderia “estar evitando” a Marginal, senhora?

Aposte na ajuda de um profissional

Seja um instrutor da autoescola, um amigo ou familiar, vale a pena procurar por alguém que saiba o que fazer para te ajudar a vencer o medo de dirigir.

Além do psicólogo e do instrutor da autoescola, há também o hipnoterapeuta, que pode te auxiliar por meio da hipnose.

Hipnose para perder o medo de dirigir?

Sim, senhor! Não sabia?

Então espera aí que eu vou te explicar.

A hipnose para perder o medo de dirigir pode ajudar

Para perder o medo, é preciso saber onde está a raiz dele.

Existem diversos meios de tratar o medo de dirigir. Vão desde novas aulas com a autoescola até o acompanhamento com profissionais da saúde especializados, como os psicólogos. As terapias convencionais com um profissional psicólogo também passam pela hipnoterapia.

É por isso que a hipnose possui uma excelente taxa de resultados positivos no processo de tratamento de quem tem medo de dirigir. Isso porque o tratamento feito com a hipnoterapia auxilia uma pessoa a conhecer todo o funcionamento da sua mente.

Na hipnoterapia o profissional, que pode ser um psicólogo, ajudará a conhecer melhor o que acontece dentro do seu subconsciente e como será possível modificar essa programação mental que desenvolve o medo.

Lembra da Regiane com seu medo de dirigir?

Quando ela finalmente decidiu ter coragem, procurou por um profissional especializado, uma psicóloga que ao conversar com sua paciente sugeriu fazer uma abordagem diferente.

Usaram a hipnose para perder o medo de dirigir e assim, chegar ao fato que a levou ficar tão insegura.

Na sessão, Regiane se lembrou de seus amigos na escola dizendo que mulher não sabia dirigir e que só provocavam acidentes. Pouco depois se viu adolescente ouvindo seu pai reclamar de uma mulher que bateu o carro no dele, dizendo que mulher não serve para dirigir.

Com essas duas lembranças foi possível entender que, na verdade, o acidente foi apenas a última gota d’água para transbordar o balde. Nesse caso, o subconsciente de Regiane sabia que mulheres e carros não deveriam ficar juntos porque a mulher sempre causaria algum acidente.

Percebeu como duas lembranças bobas, de momentos aleatórios, podem fazer toda diferença no futuro de alguém.

Por isso, se você pretende buscar um novo jeito de tratar os sus medos, a hipnoterapia ode ser uma grande aliada. E mesmo que você seja um profissional psicólogo ou até mesmo de qualquer outro ramo, é possível aprender as técnicas e se tornar um hipnoterapeuta.

Na OMNI Brasil é possível fazer um curso completo para se tornar um hipnoterapeuta, ou você pode contar com a OMNI Brasil para encontrar um profissional hipnoterapeuta para te ajudar.

Conheça todo o potencial da sua mente e seja o protagonista das suas decisões e ações.