O que é hipnoterapia? Também chamada de hipnose clínica, a hipnoterapia é a ferramenta de transformação mais poderosa do mundo. Isso porque consegue acessar o subconsciente, a parte da mente onde estão escondidas as lembranças e traumas que normalmente não teríamos acesso.

É nessa parte da mente que a hipnoterapia age, atravessando o fator crítico e criando novas sugestões na mente do paciente, que passará a agir de acordo com elas, muitas vezes após apenas uma sessão.

No Brasil e no mundo, a prática vem crescendo consideravelmente na atuação contra questões de somatização, ou seja, quando um determinado problema se agrava por conta de algum distúrbio emocional.

Grande parte desses problemas são causados por eventos do passado, principalmente aqueles que aconteceram na infância. Por isso, é comum que as pessoas não consigam identificá-los, às vezes por não se lembrarem que eles aconteceram, outras por não entenderem o tamanho do trauma ou peso que aquela situação gerou.

Confuso? Não se preocupe, neste artigo você vai entender o que é hipnoterapia, como ela funciona e como a ciência consegue prová-la.

Se você quiser, pode ler um artigo completo com tudo que você precisa saber sobre a hipnoterapia, sua história, benefícios e muito mais. Clique aqui para conferir.

Dê uma olhada em tudo que você vai ver neste texto:

Vamos lá?

O que é hipnoterapia?

A hipnoterapia consiste na aplicação de técnicas hipnóticas como ferramenta terapêutica, utilizada como auxílio para o tratamento de transtornos emocionais, físicos, psicológicos, hábitos e sentimentos indesejáveis.

Resumidamente, a hipnoterapia é o uso terapêutico da hipnose. Sim, aquela hipnose do reloginho, do “controle da mente”, de colocar pra dormir, sabe?

Como você vai entender neste texto, a hipnose não tem nada a ver com tudo isso que você imagina! E, é claro, a hipnoterapia também não tem nada de místico, mágico ou maléfico. Muito pelo contrário!

Para facilitar seu entendimento, assista o vídeo a seguir, em que o presidente da OMNI Brasil, Michael Arruda, explica o que é a hipnose clínica:

Embora dizer que a hipnoterapia é o uso terapêutico da hipnose seja uma afirmação correta, podemos dizer que “o buraco é mais embaixo”. Afinal, a hipnoterapia não é uma simples terapia focada nas técnicas de hipnose, é muito mais do que isso!

É uma ferramenta poderosa para transformar a vida de quem se submete a ela.

Podemos dizer que a hipnoterapia é a maneira mais completa de encontrar o cerne — ou a raiz — de um problema no melhor esconderijo de todos: a mente!

Explicando melhor… Você já parou para pensar nas lembranças boas e ruins que tem de algo ou de uma pessoa? Sabe onde essas lembranças ficam armazenadas? Sabe como acessá-las e interpretar essas questões da forma correta?

O subconsciente

O trabalho da hipnoterapia é encontrar formas de ressignificar emoções e memórias que ficaram mal interpretadas nesse esconderijo incrivelmente poderoso e difícil de acessar: o subconsciente.  Com ela, é possível identificar a razão de uma série de problemas na nossa vida.

O subconsciente é parte da mente humana, formada por três camadas distintas: o inconsciente, consciente e, é claro, o subconsciente. E é exatamente nessa camada que estão escondidas todas as suas memórias, crenças e traumas.

Basicamente, a finalidade de uma sessão de hipnoterapia é ajudar pessoas a solucionar questões pessoais que ocorreram no passado e que hoje refletem negativamente no seu dia a dia.

Para você ter uma ideia, a hipnoterapia é uma técnica tão assertiva que até mesmo o SUS (Sistema Único de Saúde) autorizou seu uso em diversos procedimentos médicos. Isso é só um exemplo de como a hipnoterapia pode fazer a mente de uma pessoa trabalhar em prol de todo o corpo.

Para entender melhor sobre o que é o subconsciente e como ele age, você pode ler este artigo completo sobre o modelo da mente de Dave Elman. É só clicar aqui!

Hipnoterapia é ciência, você sabia?

Quando falamos que hipnoterapia é ciência, o que nos vêm à mente está relacionado aos fatos, os números, os testes e demais provas de que algo realmente é benéfico ou não para os seres humanos e seu habitat.

No entanto, aqui nos referimos a algo que a nossa mente tem a capacidade natural de alcançar: um estado de hipnose.

A hipnose é o momento em que nossa mente e corpo se encontram em relaxamento total, podendo, a partir daí, aceitar sugestões que podem nos transformar. Além de oferecer um estado de total felicidade, tranquilidade e equilíbrio.

Embora seja um processo completamente comum para a mente humana, a imagem que muitas pessoas, inclusive estudiosos, têm em relação à técnica está ligada a chamada hipnose de palco — que você vai entender o que é mais para frente.

Para alguns estudiosos, a técnica não passava de charlatanismo ou simplesmente, ilusionismo.

Estudos científicos sobre hipnoterapia

Estudos científicos sobre o que é hipnoterapia

Com o passar dos anos o uso da técnica e as provas de que hipnoterapia é ciência foi ganhando espaço. Ficou conhecida por ser uma das áreas estudadas pelo pai da psicanálise, Sigmund Freud, além de diversos outros especialistas, como o médico James Esdaile.

O escocês ficou conhecido por usar a técnica como uma forma de anestesia para seus procedimentos cirúrgicos. A partir disso, muitos pesquisadores voltaram seus olhares para a técnica da hipnose, sendo uma forma muito eficiente de atuar em parceria com a ciência.

A prática da hipnose foi ganhando novos adeptos por todas as provas da sua eficácia. Diante disso ainda havia dúvidas relacionadas ao método científico, e foi justamente por isso que as pesquisas iniciaram.

Como você vai ver no próximo tópico, diversos estudiosos no mundo todo passaram a estudar a hipnose e o seu efeito em nosso corpo e mente. Mas foi Dave Elman o principal responsável pelo que hoje chamamos de hipnoterapia.

Foi Elman quem iniciou a propagação da hipnoterapia para procedimentos médicos. Iniciou lá em 1940, mas foi especialmente em 1970, com a publicação de um livro dedicado a hipnoterapia chamado Hypnotherapy que sua técnica ficou conhecida.

Embora não fosse pesquisador ou médico, Elman conseguiu montar um processo com diversos passos que induzem uma pessoa ao estado de hipnose com maior facilidade.

Dessa forma o até então locutor se tornou um dos maiores especialistas em hipnoterapia do mundo, ensinando profissionais da medicina as técnicas que ele mesmo conseguiu organizar para ter sucesso nas suas sessões.

Sendo assim, mesmo que não tenha um título de doutor ou pesquisador, Elman conseguiu comprovar o que os estudos já indicaram: hipnoterapia é ciência.

Você pode ler mais sobre esse assunto neste artigo.

O que é o estado de hipnose?

Se você já leu ou estudou sobre o que é hipnoterapia antes, já deve ter ouvido falar do estado de hipnose, também chamado de estado de transe.

Esse estado é completamente natural, não tem absolutamente nada de místico e você não vai ficar inconsciente durante o processo. Este é um medo muito frequente de quem conhece a hipnose pela primeira vez. Mas fique tranquilo! Você não irá dormir, esquecer o que acontece durante a sessão ou fazer coisas que não quer.

Então o que é o tal do estado de hipnose?

O transe é um estado alterado de consciência que você atinge durante a hipnose. Nesse estado, diversos eventos neurofisiológicos podem acontecer, como anestesia, amnésia, hiper sugestionabilidade, entre outros.

Em outras palavras, no estado de hipnose você pode esquecer seu próprio nome, sentir sabores diferentes ao experimentar alimentos, curar uma dor de cabeça e a grande estrela da hipnoterapia: receber sugestões diretamente no seu subconsciente, como te explicamos alguns parágrafos acima.

Outro fenômeno muito utilizado na hipnoterapia durante o estado de hipnose é o que chamamos de hipermnésia. Ao contrário da amnésia, em que você esquece coisas ou eventos, na hipermnésia você se lembra de situações que não surgem naturalmente na sua consciência.

Dessa forma, o hipnoterapeuta consegue ressignificar essas situações lembradas, já que elas são, normalmente, traumas passados. Ao mudar o significado dessa memória utilizando sugestões positivas, o paciente vive uma verdadeira transformação.

Conheça a formação em hipnoterapia

Conheça a formação OMNI e entenda o que é hipnoterapia

Quando falamos de “formação em hipnoterapia”, muitas pessoas pensam que o curso serve apenas para quem deseja se tornar um hipnoterapeuta.

Embora sim, você sai do curso com um certificado que te permite exercer a profissão de hipnoterapeuta, a formação vai muito além disso!

A formação OMNI é para quem:

  • Quer se livrar de suas principais dores;
  • Deseja entender o que é hipnoterapia na teoria e na prática;
  • Quer se capacitar e ser sua melhor versão;
  • Precisa de confiança e coragem para encarar os desafios;
  • Anseia uma transformação em todas as áreas da vida!

A formação OMNI é um investimento para a vida toda. Afinal, não é apenas mudar de profissão, mas sim transformar a própria vida e ter a chance de fazer a diferença na vida de outras pessoas.

Através da formação OMNI você vai poder conquistar a independência financeira que tanto deseja, isso sem contar no desenvolvimento profissional!

Venha mudar a sua vida com a formação OMNI em hipnoterapia.

Clique aqui e se inscreva na próxima turma!