Se tem um assunto bom para falar no meio de toda essa loucura que é a pandemia, esse assunto é a saúde mental! Já parou para pensar como tem sido difícil se manter afastado do mundo nesse período de isolamento social?

Hoje em dia, a coisa mais valiosa que podemos ter é a nossa saúde, e quando eu falo em saúde, me refiro a física e mental.

De acordo com uma pesquisa divulgada pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), 50% da população adulta do estado de São Paulo se sentia ansiosa ou nervosa com frequência desde o início da Pandemia da Covid-19.

Muitas dessas pessoas estavam praticamente confinadas em suas casas, tudo para garantir uma proteção contra o vírus que assola o planeta desde meados de janeiro de 2020. No entanto, o que para uns é uma forma de se proteger, para outros é um grande buraco de aflição.

Essas pessoas estão se sentindo aflitas e cada dia mais angustiadas, por faltar a elas uma parte de suma importância: o convívio em sociedade. Diante disso, muitos desenvolveram patologias relacionadas à saúde mental e muitos já conseguem observar esse problema se espalhar fisicamente pelo corpo.

Diante disso, fica claro que manter um cuidado constante com a saúde mental ajuda a garantir sua qualidade de vida no estado máximo. Dessa forma, investir em estratégias que auxiliam o equilíbrio das funções mentais é de necessário  para um convívio social e pessoal mais saudável.

E é isso que eu vou te mostrar!

Dá só uma olhada no que vem por aí:

  1. Saúde mental
  2. O que evitar?
  3. Como cuidar da sua mente?
  4. 10 dicas de ouro
  5. E o que fazer com tudo isso?

Boa leitura!

Saúde mental

A maioria das pessoas não sabe, mas o conceito de saúde mental é bem mais amplo do que as pessoas um dia já imaginaram. Isso porque de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), esse é um completo estado de bem-estar físico, mental e até mesmo social. Dessa forma, requer atenção em todas as áreas.

Pensando assim, a saúde mental é parte necessária e complementar para a manutenção de todas as funções orgânicas do corpo humano.

Deu para sentir o tamanho da responsabilidade?

Sendo assim, o estado mental garante ao ser humano um melhor exercício de seus direitos sociais e do cidadão. Sem falar na facilidade de ter uma interação social e pessoal mais harmônica e segura.

No entanto, a grande questão aqui é o modo como as emoções, e até mesmo o dia a dia, afetam a qualidade da saúde mental de alguém, levando do ponto mais crítico de solidão e tristeza ao momento de extremo contentamento e felicidade.

Um turbilhão de emoções que a gente precisa saber como lidar!

Foi pensando nisso que nos deparamos com algumas questões interessantes no processo de saúde mental, tais como os mitos que diversas pessoas espalham por aí sem o menor cuidado.

Familiares e amigos são, muitas vezes, incompreendidos quando o assunto é saúde mental, visto que a maioria das pessoas desconhece que, embora não estejam “doentes”, essas pessoas precisam de cuidados e atenção.

Dessa forma, as emoções falam muito alto no quesito saúde mental, pois o desequilíbrio deles pode gerar transtornos como a ansiedade, bipolaridade estresse e até mesmo depressão.

Por isso, é preciso que tenha muito cuidado com ideias generalistas sobre problemas relacionados à saúde mental de qualquer pessoa. Mas para deixar claro, eu vou te dar alguns exemplos do que pode prejudicar seu estado de saúde mental.

O que evitar?

Assim como nas demais áreas da nossa vida, é necessário ter um certo cuidado com questões relacionadas ao equilíbrio emocional. Além disso, fatores como o envelhecimento da população, o agravamento dos problemas sociais e econômicos auxiliam para o surgimento de desequilíbrios emocionais.

E em geral, esses problemas evoluem para transtornos físicos cada vez mais acentuados.

Nesse contexto, é possível destacar pontos que devem ser evitados para garantir uma saúde mental eficiente:

Pensamentos negativos

A forma como você enfrenta seus problemas tem uma grande importância no contexto geral da saúde mental. Isso porque, pessoas que retém pensamentos negativos podem desenvolver distúrbios relacionados dos mais diversos tipos.

O simples fato de ser pessimista ou achar que algo não é para você já é o suficiente para gerar na sua mente um sentimento negativo e com alto poder de comprometer sua saúde mental.

Vícios de todo tipo

Os vícios estão diretamente ligados ao modo como você enfrenta suas pendências. Muitas pessoas recorrem ao uso de entorpecentes, medicamentos variados, comidas dos mais diversos tipos ou simplesmente o álcool. Esses produtos, ou melhor, o vício em si, proporciona uma sensação de saciedade momentânea para qualquer situação.

Para pessoas com sérias dificuldades em lidar com seus problemas, o vício é uma válvula de escape e, na maioria das vezes, faz muito mal à saúde física e mental de alguém.

Uso excessivo de internet

Hoje em dia tudo gira em torno dessa grande rede interligada de computadores. Nada funciona sem ela e, em muitos casos, as pessoas também não.

Assim como os vícios citados anteriormente, o uso em excesso da internet também pode gerar problemas na saúde mental de uma pessoa, justamente por todo o acesso a conteúdos diversos e principalmente as opiniões .

Afinal, na internet todos são perfeitos, inteligentes, bonitos, descolados e tem um total de zero problemas pessoais. Isso gera um conflito interno muito grande quando nos damos conta de que o subconsciente, ou seja, grande parte da nossa mente, é literal e não consegue discernir que aquilo pode não ser a realidade da pessoa.

Sim, meu amigo!

Isso porque as pessoas têm a capacidade de serem cruéis. A ponto de fazerem a cabeça de alguém se tornar um verdadeiro turbilhão de confusão, medo, insegurança, ansiedade, tristeza e diversos outras emoções. Ficar atento ao modo como você utiliza esse tipo de tecnologia é uma boa ideia.

Então, como manter uma mente saudável mesmo diante das várias situações problemáticas do dia a dia?

Eu te respondo: com uma estratégia!

Sim… faça sua mente ser um verdadeiro exército contra qualquer tipo de situação passível de problemas para sua saúde mental.

Quase como os espartanos contra os 30 mil persas.


Como Cuidar Da Sua Mente?

Existem diversas formas de garantir mais saúde mental na nossa vida, isso é a mais pura verdade. Mas será que o modo como você tem se protegido contra as ameaças externas e internas está funcionando?

Você tem evitado situações que possam gerar certos desconfortos psicológicos? Costuma ponderar situações nas quais a maioria das pessoas tende a perder o controle? É possível para você encontrar um local onde se sinta completamente tranquilo e em paz?

Todos esses são pontos essenciais para garantir o seu bem-estar e, principalmente, sua saúde mental.

 “O corpo reflete o que a mente guardar” – a frase é boa e sabe quem disse?

Euzinha de Melo.

 

Cuidado com o que a sua mente tem guardado para si. Garanta que qualquer tipo de problema seja resolvido ou, pelo menos, entendido da forma correta. Isso evita muitos problemas.

E olha, eu disse MUITOS problemas!

Pequenas ações são de extrema importância para que você consiga manter o controle em inúmeras situações. Muitas delas são simples de fazer e requerem apenas alguns minutinhos da sua dedicação consigo mesmo(a).

É por isso que eu, amiga que sou, vou te dar 10 dicas  do que fazer para garantir sua  saúde mental durante  os próximos 90 anos.

Eu sei, eu sei… me agradeça vivendo mais e melhor, ok?!

Vamos lá!

10 dicas de ouro

Se tem uma coisa na qual eu sou realmente boa é em ajudar! Então, sem mais delongas, confira 10 dicas quentinhas para garantir a saúde mental na sua vida e seguir sendo um ser ainda mais sensato.

1.    Fique um tempo offline por gentileza

Eu sei que hoje em dia tudo gira em torno da tecnologia. Não precisa me lembrar que a gente precisa dela até para beber água (colocando lembretes no smartphone).

Mas já tentou ficar um dia inteiro longe dos prazeres (e confusões) que a internet proporciona?

Para uns parece impossível, mas acredite, é uma questão de puro costume. Você perceberá o mundo aí seu redor com outros olhos. Sentirá odores, gostos e emoções que dificilmente notaria com o rosto colado em uma máquina cheia de botõezinhos e funções automáticas.

Experimente. Vale a pena.

2.     Exercite-se meu bem!

De que adianta ter esse corpinho lindo se você não garante saúde para ele? Exercícios não são, necessariamente, o ato de puxar ferro na academia, na verdade é possível se exercitar de todo jeito , até mesmo em casa.

É possível garantir o corpinho dos sonhos com ações tão comuns quanto uma academia, como dançar, lutar, pole dance, corrida, caminhada etc.

Com isso, é garantido que seu corpo libere hormônios que o ajudam a garantir um bem-estar surreal, além é claro, da saúde mental. Sim, o simples fato de mover o corpo garante que sua mente saia da inércia!

3.    Pense positivo, porque a vida pode ser linda!

Assim como você viu alguns tópicos acima, manter pensamentos negativos pode ser altamente prejudicial a sua saúde física, mas principalmente à saúde mental. A solução, então, é usar todo o potencial da sua cabecinha para pensar em coisas positivas e felizes.

Veja bem, eu não estou sugerindo que você leve a vida como um conto de fadas, até porque isso é impossível, mas eu quero que você passe a ver as coisas com outra perspectiva.

Quero que olhe para o mundo com olhos de compaixão, carinho, respeito e, principalmente, empatia. Com esse tipo de ação, eu garanto que grande parte de suas preocupações irão embora, principalmente porque você notará que elas nem eram tão importantes assim.

4.    Que tal uma meditação?

A meditação é uma técnica excelente para manter nossa mente calma e serena nos momentos de maior pressão. Ela evita que você exploda nos momentos mais inadequados e garante um equilíbrio consciente muito maior do que você possui.

Com a mente tranquila e silenciosa é possível encontrar soluções claras no consciente que auxiliam na resolução de inúmeras situações de conflito.

Além disso, pessoas que praticam a meditação com frequência têm um sono de melhor qualidade, além de garantir maior qualidade de vida e saúde mental.

5.    Fique pertinho da natureza

A geradora de tudo e de todos tem o poder de garantir uma paz sem igual na alma daqueles que sabem aproveitar os momentos de interação com a natureza. É simplesmente surpreendente o poder que a natureza possui de revigorar todas as nossas energias!

Não é só uma questão de estar ao ar livre, mas também uma forma de se reconectar consigo mesmo em um ambiente de completa paz, ar fresco, sem sinal de celular ou qualquer pessoa chamando pelo seu nome. Apenas você, sua mente e a natureza…

Se tem coisa mais gostosa que aproveitar um tempinho só seu eu desconheço, ainda mais se esse tempo for no meio de um lugar cercado pela grandiosa natureza. Só de imaginar a possibilidade nossa mente já se sente bem. Imagina o poder que isso tem para a saúde mental?

6.    Desenvolva suas crenças positivas

Seja você uma pessoa que acredita em algo ou não, é sempre importante rever o lado positivo de suas crenças. Elas dizem muito a seu respeito e, se você estiver tranquilo (a) com aquilo que tem como fé, sua saúde mental se torna melhor (crenças ajudam a gerar pensamentos positivos sobre você e sobre o mundo).

E, mesmo que você não acredite em nada, vale a pena rever os motivos bons que o fazem ter essa opinião, assim, sua mente percebe que aquela escolha é o certo para você, o que garante saúde mental da mesma forma.

7.    Faça terapia sempre que puder

O mundo não é perfeito, assim como seus habitantes, por isso, é importante ter alguém com quem dividir suas aflições, medos, opiniões e sentimentos. E eu não estou falando de relação amorosa com alguém.

Contar com o auxílio de um médico especialista na psiquê humana é, como meu pai costuma dizer, uma “mão na roda”. Esses profissionais são especialista em ouvir e ajudar pessoas a encontrarem respostas para seus mais variados tipos de problemas. Lembre-se: seu corpo reflete o que a mente guardar, portanto, não guarde coisas ruins ou que possam gerar desconforto.

8.    Durma!

Eu sei que parece óbvio, mas você se surpreenderia com a quantidade de pessoas que procuram psicólogos para lidar com problemas de estresse, ansiedade e outros transtornos simplesmente porque não dormem como deveriam.

O sono é uma peça importante no processo de saúde mental, principalmente porque ele garante que a própria mente tenha um momento de descanso das influências externas. Isso proporciona ao indivíduo, além de um dia mais produtivo e disposto, mais controle sobre suas emoções, já que pôde descansar o suficiente.

Não precisa incorporar a “Bela adormecida”, é claro, mas procure ter uma boa noite de sono. Seu corpo e sua mente agradecem.

9.    Tenha limites

Não use e abuse dos limites do seu próprio corpo. Isso prejudica tanto física quanto emocionalmente uma pessoa que já possui questões de saúde mental mal resolvidas.

Dedicação é diferente de exagero, por isso saiba dosar tudo o que você faz no dia a dia a fim de garantir energia física e mental suficiente para ter qualidade de vida com sua família e amigos, mas principalmente, consigo mesmo. É aquela:

Dá uma segurada, amor!

10.    Procure terapias “não convencionais”

Há pessoas que, além de procurar por um psicólogo especialista em auxílio nas questões de saúde mental, também recorrem a especialistas um pouco mais aprofundados no que diz respeito à mente humana.

Os hipnoterapeutas são profissionais especializados em ajudar seus clientes a encontrar mais tranquilidade em suas vidas por meio do domínio total de suas emoções e lembranças.

Isso é possível por meio de técnicas avançadas, e por que não dizer milenares, de concentração e relaxamento. Tudo isso na intenção de conectar cada pessoa com seu subconsciente e, a partir disso, encontrar quaisquer medos, dúvidas, traumas e problemas emocionais mal resolvidos que, de algum modo, atrapalham sua saúde mental.

A técnica é tão eficiente e dá tantos resultados que famosos recorreram a ela para auxiliar com os mais diversos tipos de questões, como a cantora Adele, o atleta Arthur Zanetti e até mesmo a Duquesa de Cambridge, Kate Middleton.

E o que fazer com tudo isso?

Agora que você já leu todas as dicas (obrigada por isso), a primeira questão que vêm à mente está relacionada com o momento de utilização dessas táticas na busca por uma saúde mental de qualidade.

Aproveite que estamos vivendo dias de muita informação, com acesso à internet até mesmo na hora do banho, e procure utilizar algumas (ou todas) essas dicas ao menos uma vez no seu dia.

A prática leva ao equilíbrio (afinal, ninguém pode ser perfeito).

Comece pensando no modo como as suas atitudes podem interferir na saúde mental e encontre formas de solucionar este problema, seja por meio de atividades simples como ir ao parque e fazer esportes ou usando a técnica da hipnoterapia com um especialista certificado.

Gostou do artigo? Compartilhe nas redes sociais e comente aqui o que você achou!

Até a próxima!