Escrito por: Carla Dalan

Está cansada(o) de iniciar vários projetos e parar pela metade? Ou ainda, não ter resultados e andar sempre em círculos sem sair do lugar? Não aguenta mais deixar seu sucesso para depois? Ver seus colegas alavancando e você continuar estagnada(o)? Então se liga, este conteúdo pode transformar a sua vida.

procrastinar - Por que você nunca termina um trabalho que inicia

Esta ação, de deixar para amanhã o que precisa ser feito hoje é chamada de PROCRASTINAÇÃO. Atualmente, 90% da população mundial procrastina as vezes e 20% dos adultos são procrastinadores crônicos. Você percebe quanto potencial tem sido desperdiçado por conta disso?

Certo, mas então é “normal” procrastinar? Com certeza, não.

A partir do momento que você não finaliza um projeto que decide iniciar, você transfere ao subconsciente uma programação negativa e reforça emoções de incompetência, ansiedade, estresse; refletindo em perda de produtividade e falta de resultados.

E você sabe o que são crenças?

Porém, isso vai muito além de um mau hábito. Ao longo de nossa vida, recebemos milhares de sugestões e estímulos externos, que podem vir de outras pessoas ou de situações vivenciadas em nossa jornada. Por conta disso, podemos desenvolver nossa coragem, concentração, dedicação.

Também podemos desenvolver também o medo, a insegurança, o não merecimento. A estas opiniões de terceiros e/ou fatos externos, que nos direcionam a fazer ou não alguma coisa, damos o nome de crenças. Isto é, aquilo que para nós é considerado uma verdade absoluta e que nos guiam a tomada de decisões.

Como vimos acima, nem todas as crenças são positivas. Existem aquelas que nos limitam a realizar determinadas ações ou alcançar alguns objetivos, e para estas, damos o nome de crenças limitantes.

Elas são instaladas em nossa mente subconsciente de duas formas: através de um impacto emocional relacionado a uma experiência negativa ou traumatizante, ou por repetição. E são adquiridas de maneira hereditária (convivência com os pais e ambiente familiar), social (mundo externo) e pessoais (experiências).

Compreende-se com isso, que todos os seus problemas estão dentro de você e devem ser identificados, reconhecidos e tratados. Em se tratando de nunca finalizar os projetos iniciados, definimos a procrastinação como sabotagem patológica que destrói nosso recurso mais valioso, o tempo.

Entende-se que, a forma como você faz uma coisa é a maneira como faz todas as outras coisas. Sendo assim, não finalizar algo já é “recorrente em sua rotina. E como mudar isso?

Principais causas

Listamos cinco causas principais que favorecem o procrastinador, olha só:

  • Ser muito confiante – ser confiante é uma virtude, porém em excesso torna-se prejudicial. Este é o caso de quando temos prazo para finalizar determinado projeto e deixamos para a última hora, achando que dará tempo… e por fim, não damos conta;
  • Fuga do desconforto – nossa mente quer nos manter no confortável, no habitual, no “seguro” e por isso nos priva de fazer algo novo. Por exemplo, se estamos com algum problema de saúde, evitamos ir ao médico para não precisar fazer o que precisa ser feito… e então, só vai piorando;
  • Medo da falha / julgamento – pensamos demais no que os outros vão dizer, chegamos a nos questionar o que vão falar se eu tentar e não conseguir?… e com isso, menos pratica e consequentemente, menos resultado;
  • Perfeccionismo– abemos que precisa ser feito, mas damos desculpa a todo momento de que precisa estar perfeito para fazer… atenção, feito é melhor do que perfeito;
  • Causas emocionais – neste caso, pode ser a soma dos outros. Nossa mente tenta sempre nos proteger de algum trauma, como por exemplo um caso de falência na família. Se você já experenciou e isso te causou algum impacto negativo, sua mente te lembrará do fato todas as vezes que começar algum projeto novo… “fica quietinha ai, você sabe que este tipo de coisa te levará a falência, você está tão segura onde está”.

 Principais causas: Ser muito confiante, Fuga do desconforto, Medo da falha / julgamento, Perfeccionismo, Causas emocionais

E é neste ponto que a hipnoterapia entra, pois existe uma causa, e nem sempre desejamos ser protegidos – como é o caso de quando queremos progredir financeiramente. Você sabia que existem pessoas que possuem medo do sucesso? Que não alavancam profissionalmente por medo do que está por vir? E mais uma vez, é aqui que entra o renascimento com a hipnoterapia.

Hábitos

Como você pode perceber, isso já faz parte de uma programação subconsciente e vai além de um mau hábito. Mas o que são hábitos?

Segundo Michael Arruda, existem três tipos de hábitos na vida de qualquer pessoa: os bons, os ruins e os úteis. Informa que 40% das decisões tomadas são fruto de hábitos e não necessariamente de decisões que exigiram um tempo para serem processadas. Com isso, nossa mente guarda os aprendizados em uma espécie de “gaveta” para acessá-los sempre que necessário. Desta forma, economiza energia utilizando do modo que achar mais certo ou fácil.

Os hábitos são apenas a ponta do iceberg da procrastinação. Considera-se isso apenas o sintoma que camufla uma causa ainda maior.

Motivação

Você já pensou o que te motiva? Por que acorda todas as manhãs? Pelo que você faz o que faz? E esta, a primeira resposta que veio agora, sem pensar… é o que seu subconsciente trouxe, a verdade! Sem julgamentos, sem desculpas. Apenas é.

Garanto pra você, que se tirar alguns minutos para identificar o seu PORQUÊ (independente de qual seja, é o seu motivo brilhante para AGIR) a vida será mais leve, os desafios serão superados com maestria, a disposição surgirá com prazer!

Começar projetos só porque outras pessoas aconselharam não vai levá-lo muito longe. Encontre o objetivo final do que está fazendo e avalie se é o que você quer. Opte pelo que considera significante e vá até o fim.

Insegurança

Você sabia que a insegurança é uma das expressões do medo?

Este sentimento está na lista das principais características que impedem uma pessoa de ter sucesso.

Todas as feridas que você adquiriu até hoje, estão instaladas em seu subconsciente através de traumas e emoções. As dores que você “deixou de lado”, transformou em medos e inseguranças.

Através da hipnoterapia, você supera suas inseguranças por meio do autoconhecimento e da ressignificação de crenças limitantes. Sua mente entenderá que velhos hábitos e padrões não são mais necessários.

Autossabotagem

Sabe-se que a autossabotagem nem sempre ocorre de maneira consciente, muitas pessoas não se dão conta de que estão se sabotando, principalmente quando deixam projetos pendentes de maneira constante. Inclusive estudos apontam que a autossabotagem costuma ter origens em traumas vividos ao longo da infância e adolescência.

Existem tipos específicos de autossabotagem:

  • Vitimização – justificar seus sofrimentos a fim de obter gratificações;
  • Negação – negar as próprias necessidades e desejos para evitar o fracasso;
  • Culpabilidade – evitar enfrentar julgamentos alheios entrando em um ciclo de autocobrança;
  • Inconstância – não concluir os projetos que começa para se proteger do fracasso e das consequências do sucesso;
  • Procrastinação – deixar tudo para depois como defesa da sensação de incapacidade;
  • Medo – quando excessivo e paralisante se torna sabotador.

Eu termino meus projetos

Como você já aprendeu, sua falta de resultados pode estar mais ligada com suas programações do que você imagina. Pode ser algo subconsciente que “fugiu do controle”, que deixou de ser uma preguiça, indisciplina, uma decisão consciente e tornou-se um hábito ruim que traz diversas limitações de resultado e/ou doenças mentais e físicas.

Eu termino meus projetos

Através da hipnoterapia, uma técnica milenar para ressignificar traumas e crenças instalados em nossa mente subconsciente, tratando problemas reais decorrentes de interpretações, podemos melhorar a capacidade de concentração, combater vícios e superar os traumas.

Sem dúvidas o padrão de inconstância deixará de fazer parte da sua vida, fazendo com que assuma suas rédeas e aprenda a acessar um poder que já existe dentro de você.

Você nasceu para ser GRANDE.

Chegou a hora de aplicar todo o conhecimento adquirido ao longo de sua vida, sem amarras e sem pesos. Livre de tudo o que te limita e impede de ser próspera e abundante.

A decisão está em suas mãos, bora transformar?!